segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

- Porque foi assim?

Até ao infinito meus pés arrastarei
incomodada sigo cansada, galgando por montes e vales,
debaixo de nuvens escuras que carregam os sonhos perdidos,
de uma vida passada na esperança e com a esperança desfeita,
o vazio incomodo que teima em ficar.
Sento-me na pedra fria, minha alma gela e pára.
Pára para não continuar a perguntar:
- Porque foi assim?

(divagando 08/02/2010 Clementina Gaspar)

3 comentários:

Maria Tavares disse...

Olá Clementina

mas sabes que por trás das nuvens negras há um sol que brilha e mais tarde ou mais cedo vai aparecer!

Beijinhos
Maria Tavares

Flor disse...

Estás a ficar parecida con Fernando Pessoa!!

Beijos
Flor

Ana Rita Gomes disse...

Queres que eu sopre as nuvens para elas desaparecerem? :) Toca a animar que a vida são dois dias (e o Carnaval são três!). Beijocas grandes!